Quando eu entro na internet tenho meio que uma fila de sites que eu sempre entro, sempre em ordem de prioridade. Estranho? Eu prefiro metódico. E com tantas redes sociais, blogs de moda, blogs de TV, sites de fofoca, portais de notícias eu reparei que uma rede social tem um carinho especial por mim: o tumblr!
David Karp, muito obrigada!!!! E no post de hoje vou compartilhar algumas contas que valem a visita!
Começamos pelo Terry Richardson`s Diary que o fotógrafo atualiza diariamente com muitos cliques do fotógrafo mais famoso dos EUA. Foi com uma foto no tumblr dele que Jen Aniston e Justin se assumiram!

Já para linha mais fofolete com pensamentos aleatórios, o I Can Read é bem do bacaninha (adoro essa palavra!)!

Já o Suri’s Burn Book é a minha diversão. Adoro uma criança celeb (e a Suri é a rainha né?!) e o tumblr brinca com totdas, até as que não nasceram ainda!!!! Sobrou até para a sobrinha do Sarkozy!
“I’m still trying to convince myself that this is just a picture of Mary-Kate Olsen dressed as a smoking hobo, Photoshopped over another picture of a lovely father-daughter outing.
It’s not. This is Olivier Sarkozy out for a walk with his girlfriend and his daughter.
Suddenly my life doesn’t seem so bad.” HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA é para morrer.

E como hipster é A palavra do momento (não sei o que passa) tinha que rolar um tumblr para dar aquela zoada. Sou hipster namoro playboy é mara!!!

Mas a vida com gif é bem mais animada (com o perdão do trocadilho)!!! Por isso, Como eu me sinto quando, What should we call me e How do I put this gently fazem a alegria da galera! Não tem como não se identificar com pelo menos um post!!!!

Por hoje é isso galerosa…Agora que estou de férias tentarei escrever com mais regularidade!

Advertisements

Como você trabalha?

A Box 1824, que faz pesquisa de tendências e que já lançou alguns vídeos por aí, você com certeza já viu algum, resolveu pesquisar sobre o comportamento profissional da famosa geração Y. Deem uma olhada no vídeo abaixo, é longo (9 minutinhos), mas vale a pena.


É aquela velha história, do what you love, love what you do. Porque no final das contas, a gente trabalha muito, rala para caramba, mas se diverte.

Passeando por Oz


Não sou Barbara Heliodora mas preciso comentar sobre o último musical da dupla Moeller & Botelho, O Mágico de Oz.
Assisti na semana passada, e estou encantada até agora. Depois de Violinista no Telhado eu achava que a dupla não tinha como se superar, ledo engano da minha parte.
O Mágico de Oz é totalmente diferente de tudo que eu já vi de musical.
Vamos começar do começo…
Cenário: Não tem igual, todos os efeitos cênicos, o furacão, a estrada de tijolos amarelos, a Munchkinland, é tudo de cair o queixo. Somos transportados para um universo parelelo, em 14 cenários já estão sendo pensados tem mais de um ano.
Malu Rodrigues: vi a moça no Despertar, no Beatles e no Violinista, é muito legal acompanhar o crescimento de uma artista como a Malu. Palmas, palmas e palmas! Ela está perfeita como Dorothy!
Pierre Baitelli: o Espantalho virou meu personagem favorito! Meio burrinho e com um coração de ouro, ele garante os melhores momentos com suas trocas de palavras.
Lúcio Mauro Filho: o Leão Covarde covarde era gay e eu não sabia! Lucio Mauro arrasou na sua estreia no mundo dos musicais. Suas piadas politicamente incorretas que são só para os adultos são as melhores!!!!
Nicola Lama: o Homem de Lata, talvez seja o personagem que menos me cativou, mas ele compõe perfeitamente o quarteto que sai em busca do Mágico de Oz.
Maria Clara Gueiros: não consigo imaginar outra atriz fazendo a Bruxa Má do Oeste. Debochada, irônica, má, invejosa, porque nós sempre amamos as vilãs!!!!!

O musical é daqueles que você fica vendo meio abobada, o tempo inteiro com um sorriso no rosto. Para mim está cada vez mais difícil decidir qual o meu musical preferido da dupla (acho que é Hair, mas Mágico tá mudando minha opinião).

Palmas, palmas e muitas palmas para O Mágico de Oz! Para ver e rever muitas vezes!

Presentinhos

Sabe qual é a melhor coisa do dia dos namorados? É que ele me lembra que falta uma semana para o meu aniversário! E aniversário lembra presentes!!!!!!!!!!!!!

Na minha listinha de hoje (eu tenho várias) eu me concentrei nos cds e dvds.
Eu faço download de música, eu confesso, mas quando eu gosto mesmo do artista eu sinto que tenho que comprar o cd – essa tal de culpa que assombra.
E eu preciso ver minhas séries favoritas em uma resolução decente na minha TV, eu mereço!!!
Além do mais são presentes fáceis, não tem muito erro né?!
Marisão e Robertão, minhas divas queridas, minhas amigas (I wish!) de todas as horas! John Mayer, seu lindo, está faltando você na minha coleção. Joss e Bey com suas vozes potentes também são necessárias!
Eu já desisti de comprar separadamente as temporadas de Friends, produção pode juntar as 10 ok?! Brothers and Sisters e Mad Men com as temporadas que faltam para o meu estoque! True Blood porque a gente não resiste a essa febre de vampiros, não tem como escapar…
Bem amigos (da Rede Globo e de fora) já dei uma ajuda para vocês!
Dia 19 tá chegando e os presentes também!

Aqueles que não foram…

Olha do Dia dos Namorados chegandoooooo… Bleeeeeeee. To de brincs casais!!!!
Achei meio obvio falar dos casais que todo mundo ama, que ficaram juntos para sempre e tiveram finais felizes. Muito melhor falar dos casais que não deram certo, que terminaram, que acharam outra metade da laranja, ou que simplesmente não aconteceram, mas que eram igualmente simpáticos. Pobre deles que não tiveram seu lugar ao sol, mas quem nunca?

Joey e Dawson – Dawsons Creek

Esses dois eram tão chatos, mas tão chatos, que nem o próprio autor do seriado aguentou tanta chatice junta. Minha torcida sempre foi para o Pacey, que era muito mais divertido. A dúvida ficou até o último episódio, só que Joey, espertamente, mandou Dawson pastar e seguir a carreira no cinema.

Summer e Ryan – The O.C.
No início da série Summer bem que tentou… Mas Chino? EW! Summer estava destinada para o Seth Cohen e juntos e eles formavam o melhor casal de série ever. mas Ryan e Summer rendiam bons momentos e a amizades dos dois era muito bonitinha. Quando Ryan tava alucicrazy com a morte da Marissa quem foi que salvou o boy? Summer!

Rachel e Joey – Friends

Uma palavra: awkward! Os criadores da série estavam entediados ou sobre efeito de drogas quando resolveram juntar os dois. Ainda bem que durou pouco.

Brooke e Lucas – One Tree Hill

Sempre fui torcedora desse casal. Confesso que nunca assisti com muita frequencia a série, só comecei a acompanhar mesmo para entender porque esse casal não deu certo. E continuo sem entender. Lucas ficou com Peyton, Brooke ficou com Julian, cada um com seus filhinhos, mas continuo não aceitando. NOT FAIR.

Carrie e Aidan – Sex and the City

Pobre coi do Aidan!!! O grande problema dele é que o Big veio primeiro, Mas quem não queria um Aidan para chamar de seu?! Hahahahahaha, o personagem apareceu até no segundo filme para pertubar a Carrie e matar a nossa saudade…

Rachel e Puck – Glee

Adoroooooooooo!!!! Puck é o meu personagem favorito do Glee. Qualquer cena com o moço e eu já presto mais atenção. Pucklberry é o casal que existiu durante alguns episódios, para irritação do Finn e para nossa alegria!

Rory e Jess – Gilmore Girls

Confesso que eu adorava o Dean, ele era o primeiro namorado perfeito da Rory. Só fui dar valor ao menino Jess quando ele ajudou a Rory na sexta temporada. Ninguém de Stars Hollow gostava do menino e Rory, sendo sempre perfeitinha, foi dar uma chance para ele, para o desespero de Lorelai. A relação foi conturbada e não durou muito tempo, Jess foi embora, Rory ficou de coração partido e eu fiquei torcendo pela volta que nunca aconteceu, hahahahahaha.

Joan e Don – Mad Men

Um sonho: esses dois juntos. Quando eu for uma escritora e fizer o meu seriado perfeito Joan e Don serão o casal principal. Nenhum dos dois tem vocação para monogamia, mas não tem problema…

Abby e Carter – ER

Por que o Congo apareceu no ER??? Carby estaria junto até hoje se não fosse a maldita viagem do Congo em que o Carter conhece a Makemba (boring). Abby acabou casando e tendo um filhinho com o Kovac, o que não me desagradou at all, só queria mais cenas de Carby, poxa vida.

Penny e Leonard – Big Bang Theory

Tão descombinados que combinam. Eu ainda tenho esperanças…

Eu sempre torço por casais errados, e fico com pena daquele namorado ou namorado que leva um pé na bunda para o casal principal ficar junto, eles não merecem né?! Fico por aqui hoje e se você ainda não comprou o presente para o seu par, então está um pouco atrasado hein?!