O que eu li da vida em 2012

Ok, não vamos nos enganar mais o livro mais comentado do ano foi 50 Tons de Cinza. Para ser mais exata toda a sua trilogia que continua com 50 Tons Mais Escuros e 50 Tons de Liberdade. Ame ou odeie, o fato é que um livro nunca foi tão polêmico. E ainda gerou filhotes de sucesso como a trilogia Crossfire, que aqui no Brasil já tem o primeiro Toda Sua e o segundo acabou de lançar e se chama Profundamente Sua. Mas voltando para Mr Grey e Ana e história já deu o que falar nas conversas femininas. E nas masculinas também, por que não? Com adaptação certa para o cinema a trilogia ainda tem muita história para contar.
nova-50-tons-cinza-livros

E falando em trilogia não poderíamos deixar de fora do Jogos Vorazes. Nenhum livro foi lançado em 2012, mas foi nesse ano que a série estourou em terras brasileiras. A saga de Katniss, Peeta e cia foi um sucesso de bilheteria no cinemas e o segundo filme da saga vai ser lançado ano que vem, e nós já estamos muito ansiosos.
Trilogia-Jogos-Vorazes

Já JK Rowling autora do ultra mega blaster power sucesso Harry Potter (nem sou muito fã, imagina) voltou com um novo livro. Ainda não li Morte Súbita, mas nem preciso dizer que já está na lista dos mais vendidos e a BBC já comprou os direitos para fazer uma adaptação para TV.
capa-de-morte-subita-traducao-do-livro-de-jk-rowling-em-sua-versao-em-portugues-1354054789526_300x420

Já falando de autores brasileiros, Drauzio Verella voltou para o Carandiru, agora sobre o ponto de vista dos agentes que trabalham nos presídios. Esse é o segundo livro da trilogia Carandiru e o terceiro terá como ponto de partida uma prisão feminina.
13317_gg

Já o polêmico jornalista e escritou Diogo Mainardi lançou A Queda, com uma narrativa pessoal sobre o seu filho que sofre de paralisia cerebral.
ArquivoExibir

Confesso que a minha cabeceira não ficou muito movimentada de livros, pelo menos eles não me marcaram muito. Mas quem sabe em 2013 isso não melhora?

O que eu ouvi da vida em 2012

Heeeeeeeeeey sexy lady! Quem nunca? Gangnam style foi o hit de 2012. É o vídeo mais visto no You Tube e é mania no mundo todo. Quem diria que um sul coreano faria tanto barulho? É inevitável. Não sabe dançar ainda? Jorge Pontual, o sério e também querido jornalista da Globonews te ensina. Coloque os óculos escuros e saia dançando.

So here is my number so call me maybe. Carly Rae Jepsen foi revelada por Justin Bieber e a sua música grudou tento que ficou encalacrada na gente esse ano. De cheerleader, aos soldados americanos passando pelos modelos da Abercrombie, ninguém ficou de fora.

Somebody that I used to know foi outra que tocava hora sim e hora não nas rádios. Aclamada por público e crítica (adoro essa expressão) a música é ótima e não enjoa!

Agora a vez das músicas brazucas! Gaby Amarantos muito queridona não podia ficar de fora. O primeiro desafio foi a gente entender o que ela queria dizer com Ex mai love (juro que até eu decifrar a letra eu cantei muito errado). Gaby levou a música do Pará para o resto do Brasil, com status de cult/hipster.

Oioioi. Quando você já tava semi saturado de dançar kuduro a música virou abertura de novela. Aí você achou que ia ficar mais de saco cheio ainda. Mas o efeito foi totalmente o contrário, a música ficou para eternidade hahahaha. Oioioi virou quase o subtítulo de Avenida Brasil. Aliás esse tópico aqui vai para toda trilha sonora da novela. Assim você mata o papai, Humilde Residência, Reza, Pra Me Provocar, Bring on the nite (tbm conhecida como a música da lancha do max), Depois, Meu lugar… Foram tantas músicas. Foi realmente Divino.

1982 deve ter sido um ano inspirador na música brasileira. Kid Abelha, Barão Vermelho, Blitz, Titãs e Paralamas todos comemoraram 30 anos em 2012, com turnês comemorativas, shows especiais, CDS e DVDs para fã nenhum colocar defeito.

E como esse post iria ficar muito grande se eu colocasse todos os hits do ano resolvi encerrar com um super mash up com hit que não acaba mais.

E que venham mais músicas chicletes em 2013!

O que eu vi da vida em 2012

E dezembro chegou! Natal, ano novo, amigo oculto, confraternizações, verão e retrospectivas!
E hoje já vou começar a relembrar algumas coisinhas de 2012, começando pela TV. O que se destacou, o que eu descobri, o que a gente comentou sem parar, eu e minha televisão, minha companheira de todas as horas, amiga toddynho, o que você me deu de bom em 2012?’

1) Avenida Brasil. Qualquer retrospectiva que fale sobre a televisão em 2012 vai falar de Avenida Brasil. Novela primorosa de João Emanuel Carneiro. Carminha para sempre em nossos corações. Goste ou não de novelas, Avenida Brasil foi um fenômeno. Novela ágil, com uma boa história, excelentes atores e uma trilha sonora bemm popular. Divino já deixou saudades.

2) The Voice Brasil. Depois de Avenida Brasil, o The Voice foi o grande acerto da TV Globo esse ano. Uma fórmula já pronta, com jurados carismáticos e gente boa cantando. O programa levantou a audiência no horário e bom nas redes sociais. Bota esse povo pra cantar que a gente adoraaaaaa!!!!

3) Carly Rose Sonenclar. Para quem não conhece Carly tem 13 anos e é uma das participantes do X Factor. A menina canta muiiiiiito e samba na nossa cara a cada semana. Britney Spears é a sua mentora e e gente torce muito pra ela ganhar. Um adendo sobre X Facor: Brit está mandando muito bem de mentora, sempre com comentários ácidos e nos melhores momentos. It’s Britney bitch.

4) Homeland. Aqui eu vou roubar um pouquinho, a série estreou nos EUA em outubro, mas estreou aqui no Brasil em 2012, então acho que tá valende. A série que tirou o reinado de Mad Men do Emmy mostrou a que veio e a gente fica com taquicardia a cada episódio. Claire Danes está muito bem de agente da CIA com problemas psicológicos. Não é a toa que a série é a preferida do nosso queridão Obama!

5) Game Change. Nós amamos a HBO. Porque só a HBO faz um filme sobre a Sarah Palin e nós achamos um máximo. O filme mostra a escolha de Sarah para ser candidata a vice presidente dos EUA em 2008. Filme bom, atores ainda melhores, Julianne Moore incorporou total e merecidamente foi premiada com um Emmy.

6) Girls. Mais uma da HBO. Sex and the City jovem e realista, Girls mostra a vida de quatro amigas de 20 e poucos anos se virando nos 30 em NY. Detalhe: Lena Dunham que interpreta a “principal” é também a criadora, roterista, produtora e diretora daa série. Tá bom ou quer mais? A segunda temporada estreia em janeiro do ano que vem nos EUA.

7) Newsroom. Mais uma da HBO, esse ano o pessoal estava inspirado. Newsroom mostra os bastidores de um canal de notícias, e todas as polêmicas que cercam o tema. Para jornalista nenhum botar defeito. Foi a estreia da HBO com o maior número de telespectodores desde 2008.

8) Uma menção mais do que honrosa para Downton Abbey. A estreia foi em 2010, mas só descobri agora (what a shame). Mas me encantei tanto que vai entrar na minha lista.

Até que a minha TV ficou bem movimentada esse ano hein?! Por hoje é só, mas ainda tem mujita coisa para falar de 2012…